Assim como a presença acostuma, a falta também passa a ser comum.