domingo, 12 de fevereiro de 2017

Às vezes é preciso se fazer de forte, engolir o choro, enfiar um sorriso na cara e seguir como se o peito não implorasse por socorro. Rogério Oliveira

Às vezes é preciso 
se fazer de forte, 
engolir o choro,  
enfiar um sorriso 
na cara e seguir 
como se o peito 
não implorasse 
por socorro. 
Rogério Oliveira