terça-feira, 28 de junho de 2016

O que mais se vê hoje em dia são lugares cheios de pessoas vazias. Mari Grutta