domingo, 27 de março de 2016

Não mudei, deixei de ser idiota. Não deixei de acreditar, passei a desconfiar. Não deixei de sentir, parei de demonstrar.

Não mudei, deixei de ser idiota. 
Não deixei de acreditar, passei a desconfiar. 
Não deixei de sentir, parei de demonstrar.